THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

Pare o mundo que eu quero descer ...


Raul Seixas

tentando fazer poesia
do que me arranca a Alma,
ela mesma, mesmo que seja em pranto ...

quarta-feira, 21 de março de 2012

Assim me sinto



 Imagem: Autor:©Alborova

é isto a Vida??!!
escura, sem cor, prata corroída?

assim me sinto

é isto a Vida?
dor, desilusão, sem sabor a nada?

é isto a Vida?
luz apagada, ventos, tornados,
chuva que caí dentro sem cessar?

é isto a Vida?
nascimento, luta, hora consumída?
vanidade sentida, odor a vala?
duelo, combate sem findar?

assim me sinto

Analuz



3 comentários:

A.S. disse...

Não! A vida pode ser vivida intensamente, se soubermos viver com paixão todos os momentos!...


Beijos,
AL

Artes e escritas disse...

Uma reflexão bastante apropriada para estes dias, porque não vale a pena viver em função de coisas pequenas, mas dar valor a si próprio enquanto ser humano, rever os valores esquecidos e resgatar o que há de bom em tudo isso. Feliz Páscoa! Um abraço, Yayá.

O Filho Perdido disse...

Me identifico com teus versos, nos últimos 03 anos a minha vida perdeu tida sua cor, todo o seu sabor, toda a sua beleza, eu entendo teus versos, são muito belos.

Aquilo a que a lagarta chama fim do mundo, o homem chama borboleta.
(Richard Bach)

Somos prisioneiros da vida e temos que suportá-la até que o último viaduto nos invada pela boca adentro e viaje eternamente em nossos corpos

Raul Seixas

Mensagens populares